Até 2009!

Considerando que estamos no Brasil, onde, reza a lenda, o ano só começa depois do carnaval, não há por que estranhar a escassez de atualizações por aqui nesse final de ano.

De qualquer forma, vale entrar na onda de otimismo que costuma saturar os últimos dias do ‘ano velho’ para agradecer a todos os que visitaram e participaram desse primeiro e frutífero ano de Garapa. Paramos um ‘cadinho’ para acertar pendências, visitar famílias e recarregar as baterias.

Obviamente, lenda é, como diz o nome, uma lenda. Não vamos esperar o carnaval passar para voltarmos à ativa. O ‘feliz ano novo’, para nós, começa cedo. Portanto, fiquem de olho. E obrigado mais uma vez.

Enquanto não voltamos, duas sugestões. Confiram as andanças de um garapeiro pela América Latina no blog NA RUA, e vejam aqui dois trabalhos que resultaram do Encontro de Coletivos Fotográficos Ibero-Americanos, evento de que participamos em dezembro. A repercussão desse evento ainda há de ser sentida.

Coletividade, trabalho produzido e apresentado pela Garapa durante o encontro:

Encontro de Miradas, edição do material produzido pelos coletivos durante o encontro, apresentado no painel final do evento:

Até 2009, e que seja ainda melhor!


Para levar:
- Coletivo de Miradas;
- Coletividade.
(para fazer download dos vídeos, clique com o botão direito, em seguida “Salvar como”).

Clique aqui para assinar o podcast com um leitor de RSS e receber as atualizações automaticamente.


Garapa no FestFoto Porto Alegre 2009

Uma boa notícia. Fomos gentilmente convidados a participar do FestFotoPoa, Festival Internacional de Fotografia de Porto Alegre, em abril de 2009 (que homenageia o fotógrafo Luis Humberto). Além de apresentar o nosso trabalho, e fazer a “première” do trabalho que fizemos em Cuba, vamos realizar uma oficina de jornalismo multimídia durante todo o período do festival, produzindo no final uma cobertura colaborativa do evento e do seu entorno.

Abaixo, o texto de apresentação que escrevemos para o festival

Desde o início da Garapa, convivemos com uma pergunta simples: o que fazemos? A resposta é mais simples ainda: não definimos. Multimídia, hipermídia, áudio-slideshow, jornalismo wiki, novo documentarismo… nenhum dos rótulos nos cabe, pois não nos define. Fazemos o que gostamos de fazer, sem nos importarmos com plataformas, fórmulas, ou conceitos pré-estabelecidos (e também sem tanta pretensão).

Um fato, entretanto, é incontestável: encontramos na internet a melhor parceira para exibição, divulgação e fomentação do que estamos fazendo. Não poderia ser de outra forma, já que a Garapa surgiu de um descontentamento com o mercado do fotojornalismo nacional. A cada nova edição da Folha de S. Paulo, víamos que faltava espaço para a nossa produção e sobravam histórias a serem contadas.

Foi assim que, no final de mais um expediente, sentamos no Folhão (o boteco em frente ao jornal) e, em meio a cervejas e generosas doses de cachaça, uma nova idéia de bar nascia: a Garapa como site de jornalismo independente que se comprometesse exclusivamente com um conceito – contar histórias.

Para contá-las, misturamos fotos, áudio, video, texto e tudo mais que possa ser narrativa. Mais do que uma oficina, é esse conceito que queremos levar para o Festfoto 2009, essa paixão, loucura e entusiasmo por ser a essência do fotojornalista: um contador de histórias, alguém que enxerga conteúdo a cada esquina, cada pessoa, cada ambiente, e que não se contenta “apenas” com um clique.

Durante a oficina, iremos trabalhar o conceito do ensaio, sendo este ensaio inserido no novo jornalismo, apoiado por inserções de áudio e vídeo, criando uma peça para ser veiculada nesse novo conceito de mídia.

Nada melhor então do que usar o próprio FestFoto como ponto norteador da história a ser contada, seus bastidores, oficinas, fotógrafos, tendo assim um campo fértil de entrevistados. Obviamente, um festival desse porte vai além das salas e galerias; ele se expande para bares, praças, rodas de bate-papo. Pretendemos registrar também esses momentos, o cotidiano das pessoas inscritas nas oficinas, as mini-histórias que enriquecem uma maior; enfim, o ensaio que tanto queremos.

Para quem gosta da parte técnica, vamos trabalhar com softwares como Amadeus Pro e Garage Band (áudio), Final Cut (vídeo) e Adobe Lightroom (armazenamento, catalogação e tratamento), mas não pretendemos nos prender à técnica; nosso foco estará sempre nas histórias.

É assim que a Garapa quer desembarcar em Porto Alegre em abril, com a idéia de uma oficina que pretende não apenas registrar um festival, mas criar, de forma colaborativa, um grupo de pensadores e contadores de histórias que têm na fotografia o seu meio de expressão maior.

Cubanas



Documentário sobre Cuba

Em Julho de 2008, desembarcamos em Havana com um idéia despretensiosamente pretensiosa. Muito além de produzir um documentário que caísse no simplismo de ser pró ou anti-Castro, queríamos descobrir nossos paralelos habaneros, mesmo que para isso tivéssemos que deixar nossos ismos na mala, inclusive o romantismo pela revolução de 1959 (que, em janeiro, completa meio século).

Nossos paralelos foram escritores, músicos, pintores, artistas; em geral, jovens que, como nós, buscam alguma maneira de ter voz ativa no mundo que os circunda.

Havana foi então mais paradoxal do que qualquer uma de nossas ideologias, embora tenha reafirmado uma máxima de José Martí: Pátria é humanidade!

No FestFoto, faremos a première desse documentário ainda sem nome, que está sendo finalizado e que terá cerca de 20 minutos. Até lá, esperamos que o nome dele nos venha tão suave quanto a brisa do Malecón ou revigorante como uma dose de rum em Habana Vieja.

Coletivizando

Foto: Cia de Foto

Foto: Cia de Foto

Hoje daremos o primeiro passo para o início de uma nova seção do site.
Mensalmente a Garapa irá visitar fotógrafos, videomakers, editores, enfim – profissionais com perfis semelhantes ou não aos nossos e dessas visitas nascerão uma entrevista em texto e um slideshow com algumas imagens e frases desse encontro.
Pra botar a bola em jogo, nada melhor do que começar com quem, assim como nós, pensa e vive em coletividade: Cia de foto.
A explicação mais aprofundada do motivo da escolha da cia, assim como uma prévia de alguns dos assuntos que serão abordados hoje, depois do expediente, lá no estúdio deles está aqui.
A foto desse post foi tirada da caixa de sapatos que eles colocaram no flickr, antes como CC, agora com direitos reservados (também vamos conversar sobre isso).
Mas eu que não vou ficar aqui adiantando todo o conteúdo da entrevista, já que uma das coisas mais legais dessa primeira conversa é o fato de estarmos sendo recebidos na casa do coletivo, com direito a cerveja dos anfitriões e nós, como bons garapeiros, prometemos a cachaça! Então as surpresas serão mais que bem vindas e tentaremos colocar o resultado dessa conversa no ar o mais rápido possível.
E para quem acha que debater os coletivos não tá com nada, sugiro uma voltinha no Butantã-USP, sexta perto das 18:00… coletivização melhor não há.

Garapa no Fotosite TV

Participamos, nessa quinta-feira, às 16h, do programa FS TV, realizado pelo Fotosite e transmitido ao vivo pelo FS Online e pelo Terra TV. O tema do debate são os blogs fotográficos e as possibilidades do uso da web pelos fotógrafos.

Nos acompanha no bate-papo o fotógrafo Bruno Miranda, da agência Na Lata e do blog Copromancia; pelo telefone, participam Alexandre Belém, do Olha, Vê, e Simoneta Persichetti, todos fotógrafos-blogueiros. Envie suas perguntas e sugestões de blogs pelo e-mail fotosite@fotosite.com.br.

Portanto, se você está lendo esse post antes das 16h, clique aqui para assistir à entrevista ao vivo. Do contrário, clique no mesmo link para assistir à entrevista gravada.

Aguarde também por aqui os nossos comentários.

Garapa de Site Novo

Acharam que tinham entrado no site errado? Recuperados do susto? Brincadeira.

É isso aí, Garapa de site novo. Basicamente um redesign do antigo, uma reorganização do conteúdo. Como toda mudança, sabemos que não será unânime, e a idéia é exatamente essa, subverter um pouco a ordem, inverter prioridades.

Bueno.

A nova cara tem bons motivos. Comemoramos um ano de Garapa há algum tempo (não se sabe exatamente quando), e demos a largada em duas parcerias muito produtivas. Na MTV, começamos a produzir parte do conteúdo do quadro MTV Pública – para quem não conhece, são drops curtíssimos sobre juventude e política que vão ao ar no intervalo comercial. Tem sido uma experiência bem interessante, principalmente na edição.

A outra parceria que fizemos foi com a Folha de S. Paulo, para a produção de peças curtas sobre os bastidores das sabatinas que o jornal realiza com os candidatos à prefeitura de São Paulo. Tudo isso está no ar, e dá ainda mais ânimo (e respaldo) para projetos futuros.

Voltando ao novo site. Como já dissemos, é basicamente uma reorganização de conteúdo. A parte institucional fica bem escondida, e a produção salta aos olhos. Somos, afinal, nossa própria mídia. Há alguns ajustes ainda por fazer – a ansiedade foi tanta que não deu pra esperar – e portanto contamos com a colaboração do público pra acertar os detalhes.

Entrem, e fiquem à vontade.

Top 9 – Quinta Edição

Quinta edição, quem diria que chegaríamos tão longe. É difícil atualizar assim, com frequência, sabia? Top 9 saindo do forno a tempo de inaugurar uma semana repleta de atividades interessantes. Começando pela Semana de Fotografia FNAC/Fotosite que traz algumas boas atividades como o debate sobre “O tempo nas imagens”, com a participação de Eugenio Bucci e Maria Rita Kehl, e os diversos Café Com Foto. Para a Garapa, essa semana vai ser de trabalhos intensos e experimentação de novas linguagens. Logo, logo alguns testes vão aparecer por aqui. Por enquanto, segredo de Estado.

E segue o Top:

Leo Caobelli:

Useless

Useless

Useless

Useless

Useless

Useless

Rodrigo Marcondes:

Nudismo indoor

Nudismo indoor

Praga? Não, Brigadeiro...

Praga? Não, Brigadeiro...

Petróleo

Petróleo

Paulo Fehlauer:

Esse borrão tirou o cara de um concurso da PM.

Esse borrão tirou o cara de um concurso da PM.

Moradora de rua na estação São Bento do Metrô. Por algum motivo, ela encanou comigo, me chamando de estrangeiro ladrão, por mais que eu tentasse conversar com ela em bom português, e me jogando água. Vai entender...

Moradora de rua na estação São Bento do Metrô. Por algum motivo, ela encanou comigo, me chamando de 'estrangeiro ladrão', por mais que eu tentasse conversar com ela em bom português, e me jogando água. Vai entender...

Observando...

Observando...

Valeu? Até a próxima semana, então!

Top 9 – Quarta Edição

Finalmente a tempo de completar 4 semanas, a nova edição do Top 9 garápico. Essa foi uma semana de muito trabalho nos bastidores, e não tanto com o “pé na lama”, como se diz. Reuniões, discussões, polêmicas por e-mail (em breve comentamos isso por aqui), dezenas de projetos novos anotados no caderninho (pelo menos sem idéia não ficamos). Em breve (como sempre digo), novidades por aqui. Recomendo acompanharem a discussão sobre o projeto do senador Eduardo Azeredo, que pode acabar com muitas das liberdades que temos hoje na internet, e que comento no NA RUA. Recomendo também a idéia do garapeiro Leo Caobelli, que promove uma troca solidária de cópias fotográficas em seu blog Subjetivo. Agora sim, o Top 9:

Paulo Fehlauer:

Será o tinhoso? O sete-pele? Quase, é só a Nike, preparando a galera para a, hum, Human Race na raia olímpica da USP.

Será o tinhoso? O sete-pele? Quase, é só a Nike, preparando a galera para a, hum, Human Race na raia olímpica da USP.

Fiéis pedem a bênção ao santo protetor.

Fiéis pedem a bênção ao santo protetor.

Já que o assunto é religião, o santo baixou em São Miguel Paulista. Pegou trânsito na Marginal, e demorou umas duas horas pra chegar, mas chegou.

Já que o assunto é religião, o santo baixou em São Miguel Paulista. Pegou trânsito na Marginal, e demorou umas duas horas pra chegar, mas chegou.

Leo Caobelli:

Viewr - Hasselblad 500CM - Fuji Provia 100F - Sao Paulo - quarto da frente

Viewr - Hasselblad 500CM - Fuji Provia 100F - Sao Paulo - quarto da frente

Hasselblad 500CM - Fuji Provia 100F - Sao Paulo - quarto da frente

Hasselblad 500CM - Fuji Provia 100F - Sao Paulo - quarto da frente

Hasselblad 500CM - Fuji Provia 100F - Mexico city

Hasselblad 500CM - Fuji Provia 100F - Mexico city

Rodrigo Marcondes:

Circo Minimo ensaia novo espetaculo: Miranda e a Cidade

Circo Minimo ensaia novo espetaculo: Miranda e a Cidade

Ibirapuera

Ibirapuera

Ensaio sobre a cegueira, para a Revista da Folha. Laura Siaulys, professora de ingles e baterista.

Ensaio sobre a cegueira, para a Revista da Folha. Laura Siaulys, professora de ingles e baterista.

Valeu? Até a próxima semana, então!

Top 9 – Terceira Edição

Com ainda mais atraso, na noite da terça-feira, a terceira edição do Top 9 garapeiro. É sempre difícil equilibrar essa balança entre trabalho ($) e prazer, por mais que a fotografia acabe sendo um trabalho quase que naturalmente prazeroso, independente do nível de bizarrice (ou caretice) da pauta. Como sempre digo, em uma perspectiva bem otimista (pra não dizer naïve), sempre se aprende algo, mesmo com a mais chata das pautas, nem que seja aprender a não querer mais aquilo. De qualquer forma, aqui vai o Top 9. Antes, uma dica: acompanhe as blogagens de 2/3 da Garapa, já que o 1/3 restante não é lá muito atento a toda essa coisa virtual: NA RUA e Subjetivo são os nossos blogs pessoais, nossas chaleiras de apito. Agora sim, 9 imagens. Mais uma vez, clique nas fotos para vê-las em tamanho maior no nosso Flickr:

Rodrigo Marcondes:

Jeysa Pereira, bailarina que perdeu a visão aos nove anos de idade.

Jeysa Pereira, bailarina que perdeu a visão aos nove anos de idade.

Jeysa Pereira, bailarina que perdeu a visão aos nove anos de idade.

Jeysa Pereira, bailarina que perdeu a visão aos nove anos de idade.

Jeysa Pereira, bailarina que perdeu a visão aos nove anos de idade.

Jeysa Pereira, bailarina que perdeu a visão aos nove anos de idade.

Paulo Fehlauer:

Marta, Patrus, Marta

Ministro Patrus Ananias em dúvida se o lado certo é a esquerda ou a direita.

Mecânico

Especialista em motor de busão.

Lavagem

Lavagem de ônibus em Santo André - SP.

Leo Caobelli:

Mecânico.

Mecânico trabalha em ônibus da garagem Utinga em Santo André.

Fogo.

Kombi pega fogo em frente ao shopping Cidade Jardim.

Mecânico.

Antonio Hélio Cabral, artista plástico que vai expor na galeria Paulo Darze em Salvador, na Bahia.

Até a próxima semana!

Top 9 – Segunda Edição

Com um pouco de atraso, segue a seleção das 9 melhores fotos produzidas pelos garapeiros na semana que passou. Como deve ser perceptível pelas imagens, andamos bem ocupados com pautas externas à produção coletiva/pessoal garápica. Ainda assim, serve como um desafio diário. Mais uma vez, prometemos novidades em breve. Se quiser, clique nas fotos para vê-las em tamanho maior no nosso Flickr:

Leo Caobelli:

Marcel Duchamp e o fascínio infantil.

Marcel Duchamp e o fascínio infantil.

Prefeito Gilberto Kassab participa da missa do padre Juarez em homenagem aos avós na Igreja São Judas.

Prefeito Gilberto Kassab participa da missa do padre Juarez em homenagem aos avós na Igreja São Judas.

Prefeito Gilberto Kassab visita o Hospital do Campo Limpo.

Prefeito Gilberto Kassab visita o Hospital do Campo Limpo.

Rodrigo Marcondes:

Os Gêmeos em casa.

Os Gêmeos em casa.

Os Gêmeos em casa.

Os Gêmeos em casa.

Os Gêmeos em casa.

Os Gêmeos em casa.

Paulo Fehlauer:

Linamara Rizzo Batistella, da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Governo do Estado de São Paulo.

Linamara Rizzo Batistella, da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Governo do Estado de São Paulo.

Pessoas conversam durante a movimentação de curiosos causada por uma explosão no Conjunto Nacional, na Av. Paulista.

Pessoas conversam durante a movimentação de curiosos causada por uma explosão no Conjunto Nacional, na Av. Paulista.

Amir Slama, estilista da Rosa Chá, coça a cabeça na sede da empresa.

Amir Slama, estilista da Rosa Chá, coça a cabeça na sede da empresa.

Até a próxima semana!

Top 9 – Primeira Edição

A partir de hoje, passamos a publicar, semanalmente, uma seleção das 9 melhores fotos da semana, 3 de cada garapeiro. A inspiração veio do coletivo MJR, dos Estados Unidos, cujos integrantes conhecemos durante o Foundry Photo Workshop, na Cidade do México. O objetivo, além de mostrar nosso trabalho mais corriqueiro, é manter um ritmo constante de atualizações no blog. Em breve, mais novidades; agora, enfim, o Top 9 da semana. Se quiser, clique nas fotos para ir ao nosso Flickr:

Paulo Fehlauer:

Gabriel vive em Marsilac, pra lá de Parelheiros, ou seja, longe. Ele tem paralisia cerebral, mas o serviço Atende, da Prefeitura, não o atende, porque na sua rua não há asfalto.

Gabriel vive em Marsilac, pra lá de Parelheiros, ou seja, longe. Ele tem paralisia cerebral, mas o serviço "Atende", da Prefeitura, não o "atende", porque na sua rua não há asfalto.

Não parece, eu sei, mas isso é a cidade de São Paulo. Longe, bem longe. Marsilac, extremo sul da cidade.

Não parece, eu sei, mas isso é a cidade de São Paulo. Longe, bem longe. Marsilac, extremo sul da cidade.

Pense: a grana que foi gasta pra construir o estilingue, não a ponte em si, daria um jeito na vida de todos os moradores da favela ao lado, for ever.

Pense: a grana que foi gasta pra construir o "estilingue", não a ponte em si, daria um jeito na vida de todos os moradores da favela ao lado, for ever.

Rodrigo Marcondes:

Médicos residentes da Santa Casa de São Paulo em atendimento.

Médicos residentes da Santa Casa de São Paulo em atendimento.

Médicos residentes da Santa Casa de São Paulo em atendimento.

Médicos residentes da Santa Casa de São Paulo em atendimento.

Médicos residentes da Santa Casa de São Paulo em atendimento.

Médicos residentes da Santa Casa de São Paulo em atendimento.

Leo Caobelli:

Empinando cabeças no Jardim Miriam.

Empinando cabeças no Jardim Miriam.

Fausto De Sanctis 2 x 0 Daniel Dantas.

Fausto De Sanctis 2 x 0 Daniel Dantas.

Fernando Solanas, diretor e documentarista argentino, fotografado no Memorial da América Latina.

Fernando Solanas, diretor e documentarista argentino, fotografado no Memorial da América Latina.

Até a próxima semana!